Passo a passo: aprenda como montar um plano de benefícios empresariais

Ter um plano de benefícios empresariais tem sido o caminho que as melhores organizações adotam para atrair talentos e gerar satisfação nos colaboradores. Esse tipo de iniciativa fomenta a qualidade de vida e mostra uma valorização do capital humano. No entanto, essas vantagens só são garantidas para os que estruturam um plano realmente interessante e sob medida.

Neste artigo, queremos ajudar você e seu RH a desenharem uma estratégia completa de benefícios, que seja aprovada pelos funcionários e pelos candidatos às vagas. Confira nosso passo a passo e descubra as melhores dicas sobre o tema. Boa leitura!

O que é um plano de benefícios empresariais?

Um plano de benefícios empresariais é o conjunto de estratégias definidas por uma organização que tem como alvo a satisfação dos colaboradores. Esse plano é oferecido em conjunto ao salário, como um atrativo extra, e deve ser composto por itens que sejam do interesse dos profissionais.

Como o perfil dos contratados de cada empresa é diferente, cada uma terá de desenvolver seu próprio pacote de benefícios, pensando tanto no que é viável financeiramente quanto no que vai tornar a corporação mais competitiva no mercado.

Engana-se quem pensa que, por ser algo a mais no contrato, as vantagens corporativas sejam um gasto opcional ou desnecessário. Atualmente, a marca empregadora que não garante alguns privilégios aos seus colaboradores dificilmente vai gerar bem-estar e um real engajamento deles com os propósitos organizacionais. Consequentemente, a retenção e a produtividade se tornam ainda mais desafiadoras.

Como estabelecer um bom plano de benefícios?

Se seu RH já está estudando a melhor forma de criar um plano de benefícios empresariais, parabéns! Agora, basta entender e seguir as principais etapas desse processo. Veja quais são elas a seguir.

Defina o orçamento

O budget necessário para implementar um pacote de vantagens é sempre alvo de muita conversa, afinal, as finanças corporativas são um assunto delicado, principalmente em tempos de crise. Isso não deve afastar você de buscar valores suficientes com o executivo. É importante levar aos gestores um plano bem definido, que mostre os motivos da implementação e o retorno que esse investimento vai trazer à empresa.

Mesmo que o orçamento seja bastante limitado, não desista de montar o plano de benefícios empresariais. Nesse caso, será necessário encontrar atrativos que não gerem custos altos para a organização, mas que ainda assim tenham importância para os profissionais.

Compreenda o perfil dos colaboradores

Mais um passo fundamental é a análise do perfil dos funcionários. Nessa etapa, o RH vai compreender quais são as carências de quem atua na empresa e quais benefícios podem suprir essas necessidades e gerar mais bem-estar.

Pensar no estilo de vida que os profissionais levam, além de sua estrutura familiar e preferências, é necessário para identificar as melhores formas de agradá-los. O mapeamento dos perfis também ajuda a definir se o pacote de benefícios será fixo — em que todos recebem os mesmos itens — ou flexível — em que cada um pode escolher o que é mais interessante para seu contexto pessoal.

Observe a concorrência

Se você tem poucos pontos de partida, uma boa ideia é observar o que empresas de perfil similar à sua estão oferecendo. Se essas organizações estão tendo sucesso em atrair os melhores talentos do mercado, os benefícios divulgados provavelmente devem ser efetivos em gerar interesse nos profissionais.

Além disso, observar ajuda não apenas com que sua corporação se equipare a outras, mas que consiga traçar pontos de diferenciação, que gerem destaque e mais competitividade na hora de disputar os bons talentos.

Conheça os benefícios básicos

Um plano de benefícios empresariais diversificado é importante, mas existem alguns itens que não podem ficar de fora da lista. Estamos falando daqueles que são obrigatórios em lei e devem ser fornecidos independentemente de outros. Como exemplo, podemos citar o vale-transporte, 13º salário e férias.

É preciso atenção também às convenções sindicais, já que muitas tornam obrigatórias vantagens como vale-alimentação e plano de saúde.

Surpreenda com benefícios inovadores

Se por um lado ignorar os benefícios obrigatórios é um erro, ficar apenas neles e nos mais comuns não é uma boa ideia. Apostar em vantagens inovadoras vai despertar mais interesse dos talentos do mercado e mostrar que sua organização está atualizada com as necessidades da sociedade moderna.

Permitir maior flexibilidade de horário e de local de trabalho, por exemplo, é algo que não gera custos altos e tem um impacto significativo na rotina dos profissionais, principalmente daqueles que moram em grandes centros ou têm filhos. Tenha criatividade e veja o pacote de benefícios como um grande diferencial da empresa.

Divulgue nos anúncios de emprego

Um plano de benefícios empresariais não deve ser algo falado apenas na etapa da seleção ou quando o profissional for contratado. Ele precisa ser divulgado já no anúncio das vagas e no espaço de recrutamento do site corporativo. Assim, sua organização pode mostrar valor logo no primeiro contato com os talentos do mercado, aumentando as chances de atração e engajamento.

Por que contratar uma consultoria ao montar o plano?

Mais um ponto da elaboração do plano de benefícios empresariais que é bastante discutido é sobre a contratação de uma consultoria. Seu RH sabe quais são as vantagens de contar com esse tipo de empresa?

Uma consultoria externa costuma ser a melhor opção para garantir resultados satisfatórios na implementação de um pacote de vantagens. O trabalho realizado começa ainda no mapeamento do perfil dos talentos, passando por pesquisas de preferências e dos melhores fornecedores do mercado de benefícios.

Além disso, a consultoria auxilia na implementação e pode, inclusive, se tornar a responsável por conduzir a gestão dos benefícios na organização. Essa medida é excelente para desafogar o RH de mais demandas e colocar nas mãos de especialistas esse setor tão relevante para o sucesso do negócio.

Esperamos que nossas dicas ajudem você a estruturar um plano de benefícios empresariais realmente eficiente e alinhado tanto com a cultura da sua empresa quanto com o desejo dos colaboradores. Apesar desse passo a passo ser um excelente ponto de partida, contar com assessoria especializada pode elevar ainda mais a performance da implementação.

Se você quer contar com o auxílio da N/Care Solutions, entre em contato com nossa equipe e descubra como podemos oferecer soluções personalizadas para sua corporação.

Inscreve-se para receber nossas novidades!

Receba conteúdos exclusivos gratuitamente no seu e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.