tipos de perfil profissional

6 tipos de perfil profissional e as características de cada um

Se você lidera uma equipe ou faz parte da gestão de pessoas em uma empresa, já deve ter notado que existem diferentes tipos de perfil profissional. Mesmo que as diferenças não sejam totalmente claras, é possível perceber padrões de comportamento e personalidade.

O fato é que realmente existem categorias que passaram a ser consideradas para entender melhor como cada perfil atua na empresa, reage a desafios e encara as diferentes situações do mercado de trabalho.

Neste texto, selecionamos informações que mostram como é fundamental que o RH tenha uma visão ampla sobre os tipos de perfil profissional. Destacamos os 6 principais perfis e como cada um deles performa no ambiente corporativo. Continue a leitura e confira!

Por que você deve conhecer os tipos de perfil profissional?

Ao traçar um plano de atuação ou elaborar um novo projeto, a gestão sempre pensa nas ferramentas que vai adotar, nos indicadores que serão usados e nas etapas que precisarão ser cumpridas para alcançar o objetivo final com sucesso.

Existe um fator central que influencia essa equação: os profissionais que estarão envolvidos na iniciativa. Não basta que haja conhecimento técnico necessário: eles também precisam ter um perfil adequado para a estratégia dar certo.

Imagine, por exemplo, reunir vários profissionais com perfil de liderança em uma equipe e, na posição de gestão, colocar alguém introvertido, que performa muito melhor em um cargo de análise. Esse líder provavelmente vai ser sufocado e o plano dificilmente vai ter sucesso como esperado.

Para a gestão de pessoas, entender os tipos de perfil profissional e saber como identificá-los serve principalmente em dois momentos. Primeiramente, no recrutamento e na seleção de talentos, em que é fundamental fazer contratações tomando como base os critérios certos para compor um time de alta performance.

Em outro momento, é essencial entender esses tipos de perfil profissional para que haja mais eficácia na delegação de tarefas, na mudança de cargos, na formação de equipes para projetos específicos e até mesmo na hora de traçar um plano de carreira.

Quais são os principais tipos de perfil profissional?

Por mais que existam diversos tipos de perfil, podemos destacar 6 que são os mais conhecidos no mercado de trabalho. Veja quais são eles e conheça as características de cada um.

1. Planejador

Um profissional com perfil planejador pode ser visto como alguém que traça metas e consegue acompanhá-las de perto até a conclusão do objetivo. Ele consegue manter um bom ritmo de trabalho, mas dificilmente é criativo o suficiente para improvisar caso algo dê errado.

A dificuldade de improviso vem de uma característica marcante do planejador: o conservadorismo. Ele prefere a estabilidade às mudanças constantes, e pode se sentir incomodado caso a sua rotina de trabalho seja alterada bruscamente.

Se você precisa de organização e de alguém que siga as regras, o planejador deve estar na equipe. É importante garantir que ele se sinta seguro para fazer o melhor na sua empresa.

Powered by Rock Convert

2. Procrastinador

Pessoas que deixam tudo para a última hora podem causar problemas em qualquer cenário. No ambiente corporativo, esse traço comportamental é um desafio para os gestores.

Profissionais com perfil procrastinador infelizmente são comuns nas empresas, e é preciso saber lidar com eles. A liderança deve delegar com clareza as funções, definindo as metas e os horários de entrega de cada tarefa. Desse jeito, evita-se que a equipe fique para trás em suas obrigações e acabe perdendo prazos importantes.

3. Comunicador

Sabe aquele colaborador que é querido por todos os colegas, está sempre de bom humor, sugere ideias e sempre se empolga com novos projetos? Ele provavelmente se encaixa no perfil de comunicador.

A grande vantagem de ter profissionais com essa característica na empresa é que eles são grandes idealizadores e motivadores, deixando o ambiente de trabalho agradável e mais produtivo. Pessoas com esse perfil, no entanto, podem acabar se empolgando demais, ignorando a viabilidade de alguns projetos.

É necessário que o trabalho seja feito juntamente a profissionais que sejam mais analíticos e consigam ponderar situações, garantindo que as ideias consigam sair do papel.

4. Executor

Mais um dos tipos de perfil profissional é o conhecido como executor, marcado pela disposição de encarar desafios e resolver problemas, por mais complexos que sejam. Para um gestor, é sempre bom contar com pessoas que tenham essa característica, afinal, elas têm a garra necessária para garantir que um projeto será bem executado.

Como todos os outros, esse perfil também tem alguns pontos negativos. A determinação pelos objetivos pode acabar se tornando agressiva em relação a outras ideias da equipe. Executores podem acabar adotando uma postura autoritária e individualista se não forem controlados.

5. Analista

O perfil do analista costuma aparecer em pessoas que se declaram perfeccionistas. São profissionais muitas vezes introvertidos e preocupados com todos os detalhes de uma tarefa. As capacidades de análise, concentração e dedicação contam pontos para o time de talentos, já que as decisões precisam ser embasadas em dados hoje em dia.

O excesso de perfeccionismo, no entanto, costuma atrasar muitos projetos. Na rotina acelerada de uma organização, é preciso garantir equilíbrio entre produtividade e análise criteriosa das situações.

6. Idealista

Outro tipo de perfil profissional que sempre é bem-vindo nas organizações é o idealista. Pessoas inovadoras, criativas e dispostas a pensar em novas soluções sempre se destacam em um cenário competitivo.

Os idealistas têm uma “veia empreendedora” que é valiosa nas empresas que querem crescer. É essencial, no entanto, que um profissional com esse perfil consiga aplicar suas ideias e encontrar tempo para as tarefas do dia a dia. Do contrário, a equipe pode acabar perdendo o timing ao pensar demais em ideias mirabolantes e nem sempre realizáveis.

Gostou de conhecer esses 6 tipos de perfil profissional? Para identificá-los com mais objetividade, você pode aplicar testes comportamentais e entrevistas que ajudem a mapear essas características. Depois, é só montar o seu time de talentos de alta performance de maneira equilibrada e com foco nos objetivos.

As características geracionais também precisam estar na mira do RH na hora de recrutar talentos. Confira um artigo sobre os millennials e descubra como sua empresa pode lidar com a geração Y.

Powered by Rock Convert

Inscreve-se para receber nossas novidades!

Receba conteúdos exclusivos gratuitamente no seu e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.